• Acessibilidade:

Casa da Cultura Altamiro de Moura Pacheco

Foto: Nelson Santos

O escritor e acadêmico Altamiro de Moura Pacheco, que ocupou a Cadeira 26, cujo patrono é José Xavier de Almeida, era também médico e farmacêutico. Doou, em testamento, para a Academia Goiana de Letras, o sobrado art déco, onde residia, na Av. Araguaia, 240, Setor Central, com todos os seus pertences: móveis, lustres, telas, rádio, máquina de escrever, comendas, medalhas, retratos, cofre, escrivaninha, objetos pessoais e a biblioteca, uma das maiores e mais cobiçadas de Goiânia. Um legítimo museu, lembrança viva do Dr. Altamiro. No entanto, ele registrou, em uma cláusula do testamento, depois transcrito na Escritura, seu verdadeiro desejo: que o sobrado fosse transformado em Casa da Cultura Altamiro de Moura Pacheco.

Assim, o sobrado, integrado ao patrimônio da AGL, realizou, nos últimos vinte anos, vários lançamentos de livros, palestras, solenidades, sessões culturais, festivas e abriu suas portas à visitação pública, sempre com o objetivo de reverenciar o maior mecenas da Academia Goiana de Letras.