• Acessibilidade:

Resultados encontrados

POEMETO AO EFÊMERO

Um pássaro verde Contou à vida Que a nuvem é passageira, No céu, E o céu é transitório, Na vida,…

DE INVEJA, PÁLIDA…

A lua nova Apareceu no céu, Esguia e pontiaguda, Acutilando desejos De um sol Escondido.   Mas olhou Para a…

Como um oleiro cego

Como um oleiro cego mas vidente de alma, vou tocando, extasiado, teu corporal relevo, frio e ardente, ao sabor do…