• Acessibilidade:

EMBALO DE DÚVIDAS

Publicado em 24 de agosto de 2018
Alas se abrem entre os homens
Na esperança do Novo Ano
 
Wisky para brindar
Mas wiskysitice na dosagem
Samba mortal com os tsunamis,
Roque incendiário na boîte
E corpos se amontoam em tango infernal.
 
Por quê, Senhor?
 
O mundo girou, o mundo pirou?
Quem foi o pivô?

por Moema de Castro e Silva Olival.

  • Compartilhe: