• Acessibilidade:

ESPUMAS

Publicado em 30 de julho de 2018

Um mar de verdes águas
sob azul e alvas nuvens.
Um mar de ondas ágeis,
assim o mar. Ágeis ondas ritmadas,
rompem-se no preâmbulo.
Correm léguas, feito eu;
feito línguas, lambem praias.
E beijam a terra, na carícia que se estende.
Feito um manto sobre a areia.

por Luiz de Aquino.

  • Compartilhe: