• Acessibilidade:

Impressionista

Publicado em 2 de Fevereiro de 2017

A árvore de coral

no meu mar

tem a cor e a fundura

de meu amor.

É cor de coral teu sangue

no abismo de mim,

paralelas violetas.

É cor de coral a dor no peito

onde treme o coração

e por sobre tudo isso

um beijo sela a feitura

dos rubros lábios

que em enfeitam.

 

por Augusta Faro.

  • Compartilhe: