• Acessibilidade:

JAMAIS ME ESQUECERÁ

Publicado em 29 de agosto de 2018

Sirva-se de mim.

O que faz jamais imaginei.

Eu, observando calado

o amor de todas as noites,

momentos de excitação

e forte desejo.

A fortaleza

está na voz suave,

deslizante na aurora matinal.

 

Sirva-se de mim

uma vez mais.

Em forma de mar,

furacão em ondas.

Com mãos firmes

eternize a imagem

desejada do encantamento

da noite cálida.

 

Sirva-se de mim

e jamais me esquecerá.

por Geraldo Coelho Vaz.

  • Compartilhe: